Treinamento de Força para Atletas de Elite em Provas de Endurance

Charles Ricardo Lopes, Márcio Antônio Gonçalves Sindorf, Gustavo Ribeiro da Mota, Marcelo de Castro Cesar

RESUMO

O objetivo deste estudo foi revisar trabalhos que investigaram os efeitos do treinamento de força (TF) para o desempenho de endurance. Os principais fatores fisiológicos determinantes das provas de endurance (PE) são o consumo máximo de oxigênio (VO2max), o limiar anaeróbio (LAn) e a economia de movimento (EM). Ambos VO2max e LAn são bem estimulados com meios e métodos tradicionais de treinamento e essas duas variáveis parecem ser pouco sensíveis ao TF em pessoas treinadas. Por outro lado, a EM pode ser aperfeiçoada com o TF, mesmo em indivíduos bem treinados em endurance. Portanto, concluímos que o TF colabora para a melhora na endurance, por meio do incremento da EM, e esses resultados sugerem mudança de paradigma na periodização do treinamento de PE.

Segue o artigo muito interessante para quem deseja aperfeiçoar a performance de corredores. Boa leitura.

Artur

Clique aqui para acessar o artigo.

3 comentários em “Treinamento de Força para Atletas de Elite em Provas de Endurance

  • 22 de Fevereiro de 2012 em 06:59
    Permalink

    Olá Marcio, obrigado pelas palavras e parabéns pela qualidade do artigo. Tenho a convicção que o mesmo contribuirá muito para a evolução da preparação física de corredores. Um abraço.

  • 19 de Fevereiro de 2012 em 10:18
    Permalink

    Olá prof. Artur e aos demais leitores do BLOG, meu nome é Márcio A.G. Sindorf e sou um dos autores do artigo.
    Fico muito contente em ver que este trabalho foi postado em um BLOG tão importante para a Educação Física e espero que este artigo ajude os preparadores físicos a planejar melhor os treinos.

    Boa leitura a todos,
    Márcio Sindorf.

Os comentários estão desativados.