Principais dietas e emagrecimento (Terceira Parte)

Nutricionista Ms. Mirtes Stancanelli

Análise das Principais Dietas e Emagrecimento

Dieta da USP:

Usa indevidamente o nome da Universidade de São Paulo. Não foi criada pela USP e é uma das dietas mais perigosas à saúde. Foi uma dieta elaborada por alguém desconhecido que incentiva, por duas semanas, o consumo de alimentos ricos em gordura e proteínas, como carnes e ovos, presunto e café preto. Apenas esses alimentos devem ser consumidos. Promete a redução de um quilo por dia.

Ponto positivo: não possui

Ponto negativo: contra-indicada para pessoas com altos níveis de colesterol, pois causa alto risco de doenças cardiovasculares. Pode causar problemas no intestino; a falta de carboidratos pode causar fadiga, irritabilidade e dor de cabeça. O emagrecimento se dá pela perda da massa muscular e desidratação, havendo deficiência de vitaminas e minerais.

Dieta da sopa:

É uma das dietas mais populares. Durante uma semana, a sopa feita de legumes, (onde o alimento predominante é o repolho) é o único alimento permitido nas três refeições diárias. Propõe emagrecimento rápido aproximadamente 5 a 9 Kg por semana.

Ponto Positivo: difícil de encontrar.

Ponto negativo: dieta com muito baixa caloria que pode levar à desnutrição e anemia, gerando deficiênciade cálcio e ferro. O emagrecimento ocorre pela diminuição do volume muscular e desidratação pela falta de proteínas. É desbalanceada.

Dieta do ponto Z ou Dieta da Zona (40, 30, 30):

Conhecida como a dieta das estrelas de Hollyood. Como forma de encarar o emagrecimento o médico criador desta dieta preconiza o “raciocínio hormonal”. Ela focaliza a diminuição da ação da insulina no organismorepresentada pela ingestão de calorias nas seguintes proporções dos macronutrientes: 40% de carboidratos, 30% de proteínas e 30% de gorduras. Segundo o autor, essa combinação nas refeições, mantém estável o nível de insulina, que em altas concentrações estimula a deposição de gordura nos tecidos, proporcionando um menor ganho de peso e estimulando a perda da gordura corporal. A dieta restringe grãos, cereais e frutas que aumentam a liberação da insulina.

Ponto positivo: Sugere o consumo de carboidratos de baixo índice glicêmico, estimula o consumo degorduras monoinsaturas, propõe o consumo de cinco refeições ao dia com intervalos de três em três horas e estimula a prática de exercícios.

Ponto negativo: ao longo do tempo, o excesso de proteínas poderia causar problemas renais, desidrataçãoe osteoporose. É uma dieta de difícil digestão pela quantidade de gordura e proteínas.

Dieta Ortomolecular:

Foi desenvolvida a partir dos princípios da medicina ortomolecular que tem como objetivo restabelecer o equilíbrio químico do organismo. É possível corrigir o aumento dos radicais livres que são formados constantemente pela alimentação inadequada, poluição, estresse, excesso de agrotóxicos, acúmulo de metaistóxicos etc. com substâncias e elementos naturais como vitaminas, aminoácidos e minerais. É um tratamento que visa a saúde por meio de uma alimentação equilibrada e reposição dos nutrientes. A suplementaçãoé oferecida em pó, comprimidos ou injeções. O tempo para o emagrecimento varia.

Pontos positivos: Mais disposição, melhora da memória, melhora do aspecto da pele, cabelos commais brilho.

Pontos negativos: a suplementação é muito cara, impossível ficar tomando por tempo prolongado, os exames solicitados são caros como o do fio de cabelo, as doses de vitaminas e minerais são muito maiores do que as recomendações nutricionais.

Dieta Gracie:

Elaborada por um atleta que tem como objetivo principal promover a saúde, aumentar a performance e a resistência. Ela consiste em não envenenar o corpo, não deixá-lo doente e estabelecer uma combinação adequada dos alimentos. A dieta divide os alimentos em seis grupos:

Grupo A – estão contidos neste grupo: proteína animal, gordura, óleos e vegetais.

Grupo B – neste grupo estão os cereais.

Grupo C – grupo com as frutas doces.

Grupo D – grupo com frutas ácidas-

Grupos E e F – leite e creme de leite.

Os alimentos do grupo A podem ser combinados entre si e com mais um do grupo B. Os do grupo C combinam entre si e com mais um do grupo B, os do grupo B não combinam entre si, os alimentos do grupo D não combinam entre si e nem com outros grupos, portanto devem ser consumidos isoladamente. A idéia é manter o pH das refeições o mais neutro possível, equilibrando as substâncias por meio da combinação certa. Trata-se de não misturar cereais entre si, gordura com açúcar e alimentos ácidos com nenhum outrotipo. Fazer refeições depois de intervalos de, no mínimo cinco horas, voltando a se alimentar somente quandoo estômago estiver vazio. Pode-se complementar com chás, gema de ovo crua, coco verde, café, que sãocompatíveis com qualquer alimento por serem neutros. Não comer jamais carne de porco e seus derivadose deve-se evitar alimentos enlatados em calda, pimenta-do-reino, cravo-da-índia, canela, mostarda, piclese vinagre.Ponto positivo: Favorece a perda de peso.

Ponto negativo: A educação alimentar fica prejudicada uma vez que não haja controle de quantidade equalidade. No dia-a-dia, uma série de alimentos deve ser controlada para que não se repita a refeição e isso fica inviável, comprometendo a adesão da dieta. Preparações como berinjela à parmejana, pão de queijo, chocolate, entre outros, nunca poderiam ser consumidos. Os alimentos que devem ser evitados possuem antioxidantes importantes no combate à doenças degenerativas. Não há suporte científico para sustentaressa teoria, o método é controverso.

Racionalizando

Estas dietas enfatizam a perda de peso rápida, não se preocupando realmente com uma dieta balanceada e adequada em seus nutrientes. Após um longo período do uso das dietas de moda, a pessoa fica vulnerável a diversas deficiências nutricionais, podendo causar vários riscos à saúde o que leva à diminuição daqualidade de vida. Com o passar do tempo, as expectativas deixam de ser atendidas, levando à falhas na manutenção do peso, ao sentimento de culpa, fracasso e uma sensação de que nunca vai conseguir. Neste momento de angústia, a saída é quase sempre o medicamento que age no sistema nervoso central, modificando todo um fluxo natural. Se a pessoa não estiver controlada pelo medicamento, vem a ansiedade e a fome levando a um consumo alimentar excessivo. Sem os padrões saudáveis da alimentação embutidos no dia-a-dia, tudo fica desajustado.Todas as idéias, filosofias, alternativas alimentares que levam a pessoa para muito longe de um controle adequado e equilibrado da alimentação, se chamam “fraude à saúde”, métodos que não têm procedência científica, pois são duvidosos e enganosos, que estão fora da realidade de todos, devem ficar bem longe do dia-a-dia (Shils et al, 2003).

Leitura Recomendada – Emagrecimento: Exercício e Nutrição